Diários de Uma Feminista. Tecnologia do Blogger.

20 coisas que homens/cis poderiam fazer em vez de exigir lugar de fala dentro do movimento feminista


 Exigir protagonismo dentro de movimentos que lutam contra opressões que os beneficiam é um comportamento típico de pessoas pertencentes a lugares privilegiados nos sistemas de dominação-exploração vigentes. A sociedade dar mais visibilidade a voz do opressor, seja quando este está ou não em processo de desconstrução também é um fato recorrente. 
 Branco falando sobre racismo é aplaudido, negro falando sobre racismo é chamado de vitimista; homem/cis falando sobre machismo é o fodão, mulher feminista falando sobre machismo “é falta de rola”, hétero falando sobre homofobia é o desconstruído, gay falando sobre homofobia "é frescura"...
 Justamente por isso é necessário que dentro dos movimentos as pessoas oprimidas tenham seus lugares de fala respeitados, visibilizados, pois se não tiverem voz e visibilidade nem dentro do movimento que luta contra a opressão que sofrem, onde mais elas terão?



  Eu costumo dizer que lugar de homens/cis no feminismo é fora.
  Sim: FO-RA.
 O papel deles tem que ser se desconstruindo e promovendo a desconstrução dos amigos em quaisquer ambientes sociais que eles já lideram culturalmente. E não dando pitaco dentro da nossa luta.
 Diante disso, fiz uma pequena lista, a qual pode ser aumentada posteriormente com a sugestão de vocês, de coisas que homens/cis podem fazer em vez de chorar protagonismo dentro do movimento feminista.

Vamos conferir?????

Homem/cis, em vez de querer protagonizar o feminismo, liderar e criar pautas, você pode:

1. usar do espaço social que você já lidera culturalmente e tornar esses lugares empáticos as ideias feministas

2. parar de culpar vítima de estupro

3. parar de justificar estupro com roupa curta, lugar, bebida...


4. parar de justificar estupro, pois nada o justifica

5. deixar de achar que mulher bêbada é sinônimo de "sexo fácil", o que na verdade é eufemismo pra estupro

6. deixar de achar que mulher que sofre violência doméstica e que ainda não denunciou é porque "gosta de apanhar/sofrer"

7. parar de fazer de estupro motivo de ''piada'', o que na verdade é apologia ao estupro, pois violência contra a mulher só soa engraçada na cabeça de gente misógina 

8. dizer ''prozamigão'' não fazer apologia ao estupro por meio de pseudopiadas 

9. deixar de dizer "era brincadeira" quando uma mulher aponta fala misógina sua

10. parar de tentar explicar algo que é óbvio para as mulheres: #‎mansplaining


11. parar de se apropriar das ideias das mulheres pra depois receber os aplausos: #‎bropriating


12. parar de fazer violência emocional e psicológica contra as mulheres:#‎gaslighting

13. parar de silenciar mulheres: #‎manterrupting

14. deixar de consumir pornografia

15. deixar de consumir material misógino

16. parar de usar tag #‎meaculpa e procurar confessar a agressão na delegacia...

17. escutar mais as mulheres sobre suas vivências em vez de ficar dando pitaco em opressão que não sofre

18. parar de assobiar paras as mulheres na rua ou deixar de achar isso normal feat elogio

19. reconhecer seus privilégios (em vez de ficar chorando "eu também sofro com o machismo")

 20. dizer isso (lista) ''prozamigão''

***

12 comentários:

  1. por gentileza, poderia explicar melhor os topicos 14 e 15?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixar de consumir pornografia e materiais misóginos, tipo não acessar sites pornográficos, não comprar dvds, revistas desse tipo... não comprar e/ou divulgar músicas misóginas que façam apologia a violência contra a mulher... são exemplos...

      Excluir
    2. Quanta palhaçada! Homens nunca deixarão de fazer isso, principalmente de mexer com mulheres e consumir pornografia. Feminista já é um saco, agora "feministo" já é demais. Em vez de se preocupar com a verdadeira igualdade de direitos, para os homens também, ficam defendendo apenas mulheres que querem privilégios e supremacia, em detrimento do gênero masculino. Esses têm que levar mesmo. No mais, é tempo perdido. Feministas nunca farão o homem deixar de ser homem.

      Excluir
    3. "Feministas nunca farão o homem deixar de ser homem." Sério!?

      Excluir
  2. Eu adoro pornografia. Sou machista por isso? Não vejo mal nenhum em consumir pornografia.

    ResponderExcluir
  3. Não exatamente... Olha este link: http://www.festivalmarginal.com.br/sexo/como-a-pornografia-cria-o-cliente/

    ResponderExcluir
  4. Oi
    Sou gay cis e acompanho o site e a página no facebook
    Gosto bastante e mudei opiniões sobre certas coisas quando conheci o feminismo melhor
    Entendi pq homens cis não podem ser feministas e tal
    Mas como o gay cis pode fazer para contribuir para o feminismo?
    Tipo, vejo nas páginas feministas explicando como o homem pode contribuir para o feminismo (falando com os amigos sobre a cultura e a apologia ao estrupo não é engraçado, não culpabilizar mulheres que sofreram violência, não consumir pornografia pois em geral objetifica a mulher, etc.), mas esse tipo de homem que pode contribuir com o feminismo em geral é colocado numa posição de hetero.
    Tipo, sei que posso falar com os outros gays que ficar dizendo que vagina é "nojento" é misógino e transfóbico.
    Mas como mais eu e os outros gays cis podem contribuir para o feminismo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Só de reconhecer seu lugar de fala e saber que isso de reproduzir que vagina é nojenta e tals é problemático já é uma grande ajuda. Por mais que vc enquanto gay sofra discriminação, e muita já que a sociedade é homofóbica, enquanto homem/cis vc ainda tem mais voz que nós mulheres, principalmente nós não-heterossexuais, logo funciona da msm forma que p/ os homens/cis: reconhecer privilégios de gênero e tornar os lugares que vc frequenta mais empáticos as ideias feministas, reproduzir o que nós falamos...

      Excluir
  5. uma coisa interessante:

    fóruns/sites com viciados em porno só tem: machistas, misóginos, ps-estuprador, ps-pedófilo(lolis, teen, etc.), os "HU3UHU3HU3" "MEMES E VIDA" "CHUPA VADIA", depressão, não sai de casa, não tem amigos, diz que mulher não presta, diz que travestis são melhores do que mulheres, são homofóbicos(what), racista, etc.
    *(Existe grupinhos de usuários querendo parar com a masturbação/consumo de pornografia nesses fóruns/sites também.)

    fóruns de ex-viciados em porno:
    - Muito conteúdo. (ao contrario dos fóruns com os "viciados em porno". Os tópicos dos fóruns com viciados em porno a maioria é: "Odeio mulher" "olha essa gostosa aqui" "bolsonario" "odeio cotas" "sexo é coisa de bixa(isso eu não entendi.. pode ser uma gíria, seila.) "mulheres vadias")
    - Não tem ódio entre os membros.(não rejeitam mulheres no fórum ao contrario dos outros.)
    - Respeitam as diferenças.
    etc. (Não pesquisei muito porque não consegui criar conta em alguns fóruns.)
    (Fóruns/reddits/chans etc..)


    Pesquisei o nome de alguns usuários dos fóruns de ex-viciados em porno(ou que querem parar com o vicio), e descobri que muitos eram usuários dos fóruns dos "viciados em porno".

    (Pelo que eu entendi, eles querem parar de se masturbar e consumir pornografia.)








    achei bem interessante.. (perda de tempo)





    conclusão: porno te deixa idiota.


    (pesquisem sobre no-fap/no-porn e procure os fóruns, leia os relatos, etc.)







    ResponderExcluir
  6. (3 dias stalkeando punheteiro................)

    socorro

    ResponderExcluir

Feminismo é a ideia radical de que mulheres são gente!